Excursão para Lochs e castelos de West Highlands na Escócia

Por Mayara Rosa & Neuton - fevereiro 10, 2019 - Local: Escócia, Reino Unido

A Escócia é reconhecida por sua beleza natural. Seus campos verdíssimos e seus famosos lochs vêm à mente dos viajantes. Então, para ver um pouco mais dessa beleza de perto fomos em uma excursão de um dia pelo West Highlands para ver alguns castelos e lochs. Foi incrível!

Durante nosso planejamento buscávamos passeios interessantes por Edimburgo e encontramos no TripAdvisor uma excursão chamada "Viagem de um dia para grupo pequeno aos lochs e castelos de West Highland saindo de Edimburgo". Nos animamos, pois Edimburgo seria nossa única estadia na Escócia e essa excursão seria uma oportunidade de viajar um pouco mais para o norte e conhecer alguns dos Lagos Escoceses.

A empresa que faz o tour é a Rabbie's, eles oferecerem vários passeios pela Escócia. Ficamos tentados a pegar a excursão para o Lago Ness, o mais famoso, porém ele fica muito ao norte, e para visitá-lo você acaba ficando muito tempo na estrada e vê menos coisas do que esse passeio que escolhemos. Onde se lê "coisas" leia-se "castelos e outros lindos lagos". Bom né? 

Abaixo você vê o mapa interativo com o percurso do tour (retirado do site oficial):



Destaques do tour:  Lagos, Montanhas, Castelos, Locações de Filmes e Parques Nacionais. Reserve seu passeio aqui.

O ponto de encontro é no Rabbie's Cafe Bar, a sede da empresa é também uma cafeteria! Ideia genial, não é mesmo? Como esses passeios sempre saem cedinho você pode aproveitar e já fazer o desjejum por ali mesmo, provamos e adoramos o chocolate quente e os bolinhos. 

Depois conhecemos nosso guia, ele nos levou para a minivan do passeio. O transporte é um dos destaques dessa empresa, são vans super confortáveis e o grupo terá no máximo 16 pessoas, o que deixa o tour bem mais agradável. Era hora de seguir para as Terras Altas Escocesas!

Primeira parada: Castelo de Doune

O Castelo de Doune foi construído pelo Duque de Albany há mais de 600 anos, mas ainda está em muito bom estado. Por isso, já serviu como cenário de filmes e séries, como o Monty Python em Busca do Cálice Sagrado, Outlander e também para algumas gravações de Winterfell em Game of Thrones.

É uma parada com tempo suficiente para você entrar no castelo e conhecer a área do pátio e também alguns cômodos internos.

Uma das torres vistas pelo pátio interno.
Uma das janelas do castelo de Doune.
Vista externa do castelo. Percebe-se o bom estado de conservação de seu exterior.

Na parte de dentro você ainda encontra alguns móveis da época.
O passeio então continua e você começa a ver as montanhas e as florestas densas com pinheiros dos Highlands.

Loch Lubnaig

A próxima parada foi no primeiro legítimo lago escocês, ou como eles os chamam: Loch. Infelizmente o tempo não estava ao nosso favor, mas mesmo assim deu pra apreciar a beleza do local.
Loch Lubnaig Perthshire, Scotland by George O'Toole on 500px.com
Expectativa [crédito].
   
Realidade no Loch Lubnaig.
Pausa para um momento bastidores: O Neuton levou o drone para o tour, mas estava inseguro pois vários lugares da Europa necessitam de autorização específica para voar. Então ele perguntou ao guia: "It's ok to fly a drone here?". E o guia olhou com a cara estranha, e pediu pra refazer a pergunta. Ele então disse que havia entendido: "It's ok to play a drum here?". Rachamos de rir, pois ele pensou, que tipo de cara maluco é esse que quer tocar bateria no meio do passeio! 

Kilchurn Castle

Seguimos para conhecer mais um castelo, o Kilchurn Castle, este apenas uma ruína, porém sua localização às margens do Loch Awe o tornam um excelente local para belas fotos. Infelizmente, o tempo ainda não estava a nosso favor, faz parte.
Kilchurn Castle by Micke Strandberg on 500px.com
Mais uma expectativa [créditos].
Realidade!
Mesmo com o tempo ruim foi emocionante ver as ruínas do castelo Kilchurn, não é algo que se vê todo dia, não é?

Almoço 

O almoço do tour foi uma grata surpresa, fizemos uma parada na cidadezinha de Inveraray e não achávamos que comeríamos o melhor Fish n' Chips da viagem e o melhor chessecake da vida até hoje! Era o restaurante de uma hospedaria, George Hotel.

fish 'n chips estava delicioso, pois o peixe é fresquinho.
O delicioso cheesecake de maracujá!

Castelo de Inveraray

Depois do almoço o tempo abriu! Seguimos pelo interior da pitoresca cidade de Inveraray, às margens do Lago Fyne, onde fomos visitar o Castelo de Inveraray. Construído no século XVIII ainda é habitado, sendo a atual residência do Duque de Argyll e por isso, perfeitamente conservado.

O Castelo de Inveraray e suas torres cônicas. 
A entrada. 
Visão lateral.

O interior do castelo também é lindíssimo. 
Apesar de não ser um museu, e sim uma residência, o castelo é cheio de antiguidades em ótimo estado.
A família Argyll.

Passeio da entrada. Os jardins do castelo são abertos ao público. Eles são incríveis!
Vista dos fundos do Castelo de Inveraray, nada mau não é?

Loch Lomond

A penúltima parada foi no vilarejo de Luss, onde temos uma ótima vista do Loch Lomond, o maior da Escócia e da Grã-Bretanha em superfície e o segundo maior em volume (perde só para o Lago Ness)!
Linda paisagem do Loch Lomond
Aproveitando o bom tempo, o Neuton pode voar com o drone! Assista o vídeo abaixo em 4k para ver um pouco desse belo lago, que realmente impressiona pelo tamanho!


O azul do Loch Lomond é lindíssimo!

O fofo vilarejo de Luss.

Última parada: Castelo de Stirling

Já no finalzinho do tour é feita uma parada para fotos no Castelo de Stirling, que já foi conhecido como a "Entrada da Escócia". Foi nele que William Wallace derrotou o exército inglês em 1297 (essa história é contada no filme Coração Valente, com Mel Gibson).

Castelo de Stirling.
Voltamos para Edimburgo ainda a tempo de curtir o fim de tarde (vantagens da primavera no Reino Unido, o sol se põe após 20h) e jantamos novamente no Taste of Italy, que comentamos neste post).
 
Glen Croe by Dougie Milne on 500px.com
É uma pena não ter muitas imagens da vista que você tem na van durante esse tour (essa é do 500px), mas podemos garantir que vale muito a pena para ter um gostinho do que é a natureza da Escócia com seu verde e montanhas cheias de ovelhinhas. Ficamos com planos de um dia voltar para curtir apenas as Terras Altas!
  
Até o próximo post! Qualquer dúvida é só comentar!

Viagem em maio de 2017.
Não recebemos patrocínio das empresas mencionadas.

  • Compartilhe:

Veja também

0 comentários