Roteiro de Paris - O que fazer em 7 dias

Por Mayara Rosa & Neuton - julho 07, 2018 - Local: Paris, França


Paris pode ser considerada uma unanimidade e nos juntamos ao coro dos encantados pela Cidade Luz! Nesse post juntamos em um único guia completo e dia a dia, como foi nossa visita. Museus, igrejas, passeios, restaurantes. Organizamos tudo para compartilhar com você e esperamos que te ajude a organizar a sua viagem a Paris!

 Dia 1 - Chegada e passeio pelas Galeries Lafayette

Nosso voo foi TAP, então a conexão foi por Lisboa. Após a simpática fila quilométrica da imigração, seguimos para nosso voo a Paris!

paris vista frança torre eiffel
Da janela do avião dá pra ver a torre Eiffel (não é essa a foto rs, não achávamos que daria então não estávamos com a câmera em mãos) 

Resolvemos ir para a cidade de trem e metrô, economizamos bastante, pois o táxi do aeroporto Orly a Paris é por volta de 100 euros. Mas, se você estiver com muita bagagem, como nós estávamos, pode ser uma má ideia.

O sono era grande, mas como chegamos durante o dia, dormir seria um erro. Saímos, então, para almoçar e passear a pé pela cidade. A dica para o primeiro dia é: arranje algum lugar próximo ao seu hotel e ande descompromissado. O nosso foi o New Orient que ficava a uma distância boa das Galeries Lafayette, fomos conhecê-las.

galeries lafayette paris
Detalhe da cúpula das Galeries Lafayette. A arquitetura é linda! Vale conhecer.

Leia mais sobre este primeiro dia em nosso post: Cruzando o atlântico de avião (imigração e conexões para a Europa).

Tomar chocolate quente nas Galeries Lafayette vendo a Torre Eiffel pela janela
Arrastar as malas nas catracas minúsculas do metrô de Paris


 Dia 2 - Mini road trip de Paris aos castelos do Vale do Loire

Como nosso segundo dia em Paris era justamente o feriado de 1º de maio (levado muito a sério pelos Parisienses, tudo fecha e a pessoas saem às ruas para protestar) resolvemos alugar um carro e fazer uma pequena road trip para o Vale do Loire, região famosa por ter vários castelos bem conservados e abertos para visitação.  

Chateau de Chenonceau, Vale do Loire

Foi uma decisão super acertada! Pois, os castelos continuam funcionando no feriado, e não estavam superlotados (apesar de ter muita gente visitando). Conseguimos tirar ótimas fotos, foi muito bom! Recomendamos demais esse passeio.

Leia mais sobre este passeio encantador em nosso post: Feriado de 1º de maio: de carro de Paris aos castelos do Vale do Loire.

O impacto ao ver o primeiro castelo é emocionante. No nosso caso, já foi o gigante Chambord
A correria no final para devolver o carro até meia-noite na locadora. Recomendamos (caso tenha uma graninha extra) pegar o carro para devolver no dia seguinte, assim dá pra voltar com calma e não é preciso pegar metrô/táxi, após o cansaço da viagem (acabei perdendo meu celular e o gorro na correria), a opção é voltar mais cedo rs.


 Dia 3 - Dois cartões postais: Sacré-Coeur e Arco do Triunfo

 A Basílica do Sacré-Cœur é uma das mais lindas de Paris. E além da visita a igreja em si, você também pode subir até a cúpula e ter uma vista ESPETACULAR da cidade. 

Sacre-coeur Sagrado Coração Igreja Paris Montmartre
Vista de Paris da cúpula da Sacré-Coeur.
Depois, seguimos para a Champs-Élysées, a avenida mais famosa de Paris. Por lá almoçamos e visitamos o Arco do Triunfo. Ficamos encantados com o tamanho e o alto nível de detalhes do monumento. Dessa vez não subimos até o topo, pois voltaríamos outro dia com nossos amigos que estavam chegando, mas recomendamos subir e de preferência no pôr do sol (veja mais detalhes a seguir no dia 6).

arco do triunfo paris frança arco do triunfo paris frança arco do triunfo paris frança

Nesse dia também tiramos o passe para o transporte público de Paris e o Museum Pass, saiba como no post: Desafios: Subir as escadarias da Sacre-Coeur e tirar o Navigo Découverte (bônus: Arco do Triunfo)

 A vista da cidade na cúpula da Sacré-Cœur!
 Seguimos o Google Maps para ir embora de Montmartre e acabamos perdendo alguns pontos turísticos famosos do bairro como o Moulin Rouge e o Le mur des je t'aime


 Dia 4 - Um dia em Versalhes

Mais um dia de passeio fora de Paris. Nem todos sabem, mas Versalhes é outra cidade. Mas é supertranquilo chegar lá de trem. Recomendamos ir cedo, pois é sempre muito visitado.

palácio versalhes frança
O extremo requinte e ostentação do Palácio de Versalhes é algo que impressiona. A cada salão e galeria que passamos o nível de detalhe não caía. 
jardim palácio versalhes frança
Os jardins também são igualmente impressionantes (na verdade, é um enorme bosque), infelizmente no dia de nossa visita estava chovendo, mas mesmo assim deu pra conhecer os pontos principais.
Veja mais detalhes desse passeio imperdível no post: Um dia em Versalhes (muitas fotos)
A Galeria dos Espelhos. Realmente é o salão mais incrível do palácio
Não andar de carrinho de golfe pelos jardins pois estava chovendo (os carrinhos são bem abertos nas laterais)


 Dia 5 - Dia no museu do Louvre e noite em passeio de barco no Rio Sena

Enfim chegou o dia de conhecer o museu mais famoso do mundo, o Louvre. A fila estava tranquila, achamos até estranho (talvez porque nem chegamos tão cedinho quanto queríamos rs).

louvre paris frança
Além de quadros e esculturas, não deixe de reparar nos detalhes das artes do teto do Louvre, são incríveis!
Gastamos umas boas quatro horas no museu, e apesar de já estar tarde, conseguimos um lugar muito bacana para almoçar o restaurante Le Soufflé (você deve imaginar o que vende lá rs).

Saiba um pouco mais sobre a visita ao Museu do Louvre e o almoço no Le Soufflé no post: Museu do Louvre, em busca da Mona Lisa
À noite foi a vez de um dos passeios que mais gostamos na viagem a Paris. Iríamos jantar a bordo do barco Captaine FracasseRealmente Paris fica encantadora toda iluminada, não é à toa que é chamada de "Cidade Luz". Recomendamos demais que você faça algo assim, será memorável!


Veja todos os detalhes desse passeio no barco (menu, trajeto, etc...) no post: Passeio com jantar gourmet no barco Captaine Fracasse (navegando no Sena à noite)

 Ver a Torre Eiffel iluminada à noite no passeio do barco
O tamanhinho do quadro da Mona Lisa 


 Dia 6 - Almoço no restaurante da Torre Eiffel e Museu d'Orsay (+ Notre-Dame e Sainte-Chapelle) e pôr do sol no Arco do Triunfo

Que visitar a Torre Eiffel é praticamente obrigatório em uma visita a Paris, todo mundo sabe. Mas você sabia que lá tem um ótimo restaurante com preços acessíveis? E que se você almoçar lá, você consegue "furar" a fila e entrar direto para os elevadores sem comprar tíquete em separado? Pois bem, estamos falando do Restaurante 58 e foi nele que almoçamos no sexto dia na cidade.

torre eiffel paris frança restaurante 58
Serenidade de quem não ficou horas na fila para visitar a Torre Eiffel.
Realmente, de perto a Torre Eiffel é impressionante, sua estrutura apesar de ser metálica, nos passa impressão de leveza. E a vista de Paris lá de cima também é ótima.
Saiba todos os detalhes no post: Como furar a fila almoçando na Torre Eiffel.
A tarde foi cheia! Primeiro seguimos para o Museu d'Orsay. Gostamos demais pois ele é bem menor que o Louvre, então dá pra visitar todas as salas. A coleção de quadros impressionistas é excelente!

casal em paris, museu d'orsay relógio, frança
Uma de nossas fotos favoritas da viagem
Depois seguimos para a Catedral de Notre-Dame. Ela é linda! Infelizmente chegamos tarde para subir até o topo e ver as famosos gárgulas, mas em compensação, estava acontecendo uma missa na hora, emocionante!




Perto da Notre-Dame fica também a Sainte-Chapelle, capela famosa por seus belíssimos vitrais que ocupam toda a sua extensão. Visita rápida e que vale a pena!

sainte-Chapelle paris frança
Os vitrais e o telhado da Sainte-Chapelle.
Como viajamos em maio, primavera em Paris, o sol ainda estava se pondo tarde, por volta das 21h. O que é ótimo! Depois de 3 passeios, ainda conseguimos aproveitar o pôr do sol no Arco do Triunfo.

Sunset in Paris  de Piña Blog no 500px.com
Pôr do Sol em Paris. Vista para Grande Arco de La Defense de cima do Arco do Triunfo.
Dia cheio, mas muito gostoso em Paris. Leia mais e veja mais fotos no post: Em busca da foto no relógio do d'Orsay (+ Notre-Dame e Sainte-Chapelle). Bônus: Pôr do sol no Arco do Triunfo.

Ouvir o som arrepiante do órgão da Catedral de Notre-Dame
Não ter subido até o segundo andar da Torre Eiffel (acabamos decidindo não subir na hora, mas teria sido uma experiência bacana)


 Dia 7 - Dobradinhas: Jardim de Luxemburgo + Pantheón, Museu Rodin + Les Invalides, Vista da Torre Montparnasse

Mais um dia chuvoso na primavera em Paris. Mas não mudamos os planos e fomos conhecer o Jardim de Luxemburgo. Que lugar lindo! Com um dia ensolarado, então, deve ser maravilhoso! Além de muito verde, o jardim tem várias esculturas belíssimas.

A dobradinha com o Jardim de Luxemburgo é o Pantheón que fica a menos de 10 minutos de distância a pé. O Pantheón já impressiona do lado de fora pela grandeza da construção e também por dentro, pela riqueza de detalhes. É muito bacana também visitar as criptas onde várias figuras históricas importantes francesas estão enterradas.

Do Jardim de Luxemburgo você vê o Pantheón.

Entre uma "dobradinha" e outra, a pausa para o almoço foi no Le Relais de l'Entrecôte", tradicional restaurante que serve um prato que amamos, o Entrecôte.
À tarde, visitamos o Museu Rodin, que nos surpreendeu! As obras são lindas, mas o ambiente do museu é um dos mais agradáveis, pois você passeia pelo jardim e além das esculturas, pode encontrar simpáticos coelhinhos por ali.

A dobradinha é o Les Invalides (Museu do Exército), que fica também a 10 minutos a pé do Museu Rodin. Mas esse, infelizmente, não conseguimos conhecer direito, pois chegamos já muito em cima do horário de fechamento. Ainda assim, conseguimos entrar e ver que o complexo é gigantesco. Fica pra uma próxima!

Do museu Rodin você vê o Les Invalides
Se gostou da ideia desses dois passeios "dobradinha" em Paris, leia mais no post: Jardim de Luxemburgo + Pantheón, Museu Rodin + Les Invalides
Para encerrar nosso último dia em Paris, queríamos mais uma vista de cima da cidade. E por que não logo a mais alta? Seguimos, então, para a Torre de Montparnasse. A ideia era pegar o pôr do sol novamente, mas estávamos cansados e ainda tinha mala para arrumar rs. Subimos logo, já que o dia também estava mais fechado.

torre de montparnasse paris frança
Finalmente uma dessas lunetas "grátis". Deu pra ver vários monumentos lá de cima.
Saiba porque não achamos que esse passeio valeu tanto a pena no post: Vista da Torre Montparnasse, vale a pena?

Jardins do Museu Rodin
Os vidros colocados por motivos de segurança no terraço da torre de Montparnasse que não são muito transparentes, atrapalhando a vista

 Bônus - Seguindo Viagem, de Paris a Londres pelo túnel submarino

Nosso próximo destino na Europa foi Londres. Resolvemos ir de trem e achamos que foi a melhor opção! Rapidez, conforto e experiência diferente para nós brasileiros.

rome2rio londres paris
Opções de transporte de Paris para Londres. Fonte [Rome2Rio].
Saiba todos os detalhes dessa viagem pelo trem da Eurostar no post: De Paris a Londres pelo túnel submarino (Trem da Eurostar) - FAQ
Esperamos que sua visita a Paris seja inesquecível, como a nossa foi! Qualquer dúvida, comente!
[Paris, Cidade do Amor - Thomas Kinkade (Fonte)]. 


Viagem em Maio de 2017

  • Compartilhe:

Veja também

0 comentários